Empresa incubada na PIEBT/Universitec, Amazônia Biotech, tem projeto aprovado em chamada pública pela Fapespa

Publicado em: 04/11/2013 às 20:15
Tempo de leitura: 1 minuto

A ideia é promover a inclusão social das pessoas com deficiência. O edital envolve recursos de subvenção econômica e vai apoiar projetos que desenvolvam produtos, protótipos de produtos, metodologias, estratégias, práticas, serviços e ações que possam facilitar o desempenho das atividades diárias de indivíduos que possuam mobilidade reduzida, como pessoas com alguma deficiência, idosos, gestantes, etc.

Acesse aqui o resultado preliminar.

A Amazônia Biotech produz uma membrana biocompatível que pode ser usada como veículo para aplicação de fármacos em tecidos lesionados que atenderá a institutos/empresas de pesquisas e hospitais de alta complexidade das redes municipais, estaduais, federais e iniciativas privadas. Está em teste o uso de produtos naturais oriundos da Amazônia.

Leia também