Centenas de competidores participam da abertura do Desafio Inove +

Publicado em: 22/09/2015 às 14:39
Tempo de leitura: 3 minutos

O evento de Formação de Equipes promovido neste sábado (19), no auditório Benedito Nunes, no campus Guamá da UFPA, mobilizou centenas de participantes. O evento foi a largada inicial da competição Desafio Inove+, que vai distribuir R$ 7 mil em prêmios às melhores ideias inovadoras, e promover 70 dias de oficinas, palestras e mentorias para lapidar as propostas e torná-las potenciais negócios.

No total, foram 40 ideias apresentadas. Entre as propostas, projetos para a produção de energia limpa, reaproveitamento de água, plataforma para oferecer empregos a quem está fora do mercado de trabalho, aplicativo voltado para prestação de serviço ao público LGBT, processo de aproveitamento total da tradicional manga, aplicativo para doação de lixo reciclável, consultoria para solucionar garantir qualidade nutricional à alimentação de estudantes, até pacote de turismo e hospedagem para concurseiros.

“A universidade só conseguirá alcançar sua meta de formação e estímulo à inovação se mobilizar seus estudantes para a importância do empreendedorismo. É de ideias inovadores que partem as mudanças sociais, tecnológicas, de status quo. Trazer essa juventude que está graduando ou pós-graduando e convocá-la para pensar soluções para os problemas da sociedade é

aliar o conhecimento da academia à criatividade desta geração”, diz Gonzalo Enríquez, diretor da Universitec.

O evento contou com a presença do Dr. Emmanuel Zagury Tourinho, pró-reitor de Pesquisa e  Pós-Graduação. “Só a partir da inovação e da transferência de tecnologia se transforma a realidade do estado. E tornar o conhecimento um produto para o mercado é o que buscamos. A Universitec e a sua coordenadoria de Empreendedorismo têm tomado frente da missão de fomentar o tema na universidade”, afirmou Tourinho.Após a explanação das ideias dos Formuladores, houve a formação de equipes, onde os Colaboradores escolheram uma ideia para desenvolver ao longo da competição e, após aceitação pelo Formulador, passaram a fazer parte da sua equipe de desenvolvimento. O próximo passo será cadastrar a ideia e sua respectiva equipe na plataforma web do Inove+no no período de 20 a 29/09.

Bragança

Além de alunos de diversas instituições de ensino superior de Belém e região metropolitana, como Castanhal e Ananindeua, o Desafio Inove+ contou com a presença de cerca de 35 alunos do campus Bragança da UFPA e do Instituto Federal do Pará de Bragança. Pessoas que participaram da oficina de Criação e Validação de Ideias, ministrada por Felipe Araújo no município.

 

Para Dioniso Sampaio, professor do Instituto de Estudos Costeiros da UFPA de Bragança, a parceria com a Universitec é a semente para fomentar o empreendedorismo no município. “Eu quero que os alunos de Bragança saibam mais sobre a temática do empreendedorismo, transferência de tecnologia, propriedade intelectual, tudo isso que a Universitec promove. Trabalhei no Sebrae, fiz especialização na área de inovação, então eu tenho a dimensão da importância disso tudo. Queremos ainda mais ações em Bragança. Espero que a oficina tenha sido apenas o começo. Foram 78 estudantes participantes da oficina. É o primeiro passo, depois os próprios alunos, já despertados, irão desejar ainda mais esse conhecimento. Trabalho com educação empreendedora, mas apenas em um curso que é Engenharia de Pesca. Queremos ampliar, em 2016, queremos desenvolver um Clube de Empreendedorismo. Queremos um laboratório de desenvolvimento de ideias. Somos referência no Pará, mas não temos experiência em empreendedorismo e inovação. Precisamos do apoio da Universitec nessa trajetória”.

Leia também