Patentes Nacionais

Relação de patentes concedidas UFPA

Nº do pedidoData da ConcessãoData da VigênciaTítulo ResumoInventoresTitular e co titular
PI 0202014-903/12/201303/12/2023PROCESSO BIOTECNOLÓGICO DE OBTENÇÃO DE HELIOTROPINAA presente invenção se refere a um processo de obtenção de heliotropina (piperonal) por uma rota natural, através da oxidação microbiológica do isossafrol nas formas diasteroisoméricas E e Z, no qual microorganismos e enzimas presentes nos ditos microorganismos são utilizados como agentes catalizadores na presença de peróxido de hidrogênio em meio aquoso, e em condições de temperatura, agitação e pH controlados.Alberdan Silva Santos / Octavio Augusto Ceva Antunes / Nei Pereira JuniorUniversidade Federal do Rio de Janeiro / Universidade Federal do Pará
PI 0202465-9 23/06/201523/06/2025COMPOSIÇÃO EVIDENCIADORA DE PLACA BACTERIANA À BASE DE CORANTES NATURAISTrata-se a presente invenção de uma composição evidenciadora de placas bacterianas à base de corantes naturais compreendendo pelo menos uma solução concentrada de corante natural selecionada do grupo consistindo de corantes extraídos do açaí e de corantes extraídos do urucum, em um veículo farmaceuticamente aceitável e, opcionalmente, aditivos farmaceuticamente aceitáveis. Preferencialmente, no caso de solução de açai, a concentração varia de 60 a 95% de extrato concentrado, enquanto que para a solução de urucum, a concentração varia entre 58 a 90% de extrato concentrado. Também preferencialmente, em soluções contendo a mistura dos extratos, estes estão presentes em uma proporção que varia de 10:1 a 1:1.Raimunda Fátima Ribeiro de Nazaré / Regina Fátima Feio Barroso / Danielle Tupinambá Emmi / Patricia Oliveira da RochaEmbrapa - Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária / Universidade Federal do Pará
PI  1003060-307/03/201704/08/2030PROCESSO DE OBTENÇÃO DE EXTRATOS PARCIALMENTE PURIFICADOS DE COMPOSTOS ANTIOXIDANTES DE FRUTOS DE PALMEIRAS DO GÊNERO EUTERPEA presente invenção se refere a um processo de extração parcial e diferencial culminando na obtenção de extratos com apreciável concentração em compostos antioxidantes dos frutos de palmeiras do gênero Buterpe. As etapas dc processo consistem na coleta dos frutos, extração sólido-líquido (despolpamento 1) dos compostos antioxidantes, amolecimento e/ou maceração dos decotos e extração sólido-líquido (despolparnento 2 e/ou 3) para obtenção de um suco padronizado tanto em antioxidantes hidrofílicos quanto em lipofílicos, além de uma fração oleosa. O processo da presente invenção se estende ainda na purificação parcial do extrato aquoso bruto produzido pela técnica de adsorção sobre resinas macroporosas, gerando extratos de maior pureza em antioxidantes. O extrato ou pó obtido, após secagem, pode ser usado na indústria alimentícia, cosmética, farmacêutica e fitoterápica por apresentar propriedades fisiológicas.Hervé Louis Ghislan Rogez / Braz Viana Sarubi Neto / Fabio Gomes MouraAmazon Dreams Indústria e Comércio S.A. / Universidade Federal do Pará
MU 8501241-622/05/201822/05/2025SUPORTE DE REAÇÃO PARA ENSAIOS EXCÊNTRICOSPatente de Modelo de utilidade para um suporte metálico de reação dito "suporte de reação para ensaios excêntricos" compreendido por uma estrutura metálica de reação, aberta na parte superior e fechado em suas laterais menores (2) (3) e no fundo (4), com uma chapa inteira (5) caracterizada por seu deslocamento horizontal que promove, pelo ajuste fino dos parafusos (6) de regulagem sobre as porcas (7) soldadas em sua estrutura e na chapa de reação lateral direita (3), o equilíbrio do corpo de prova. A chapa (5) móvel pressiona os corpos de prova (9) (12) contra a chapa (2) de apoio eliminando qualquer rotação dos corpos de prova oriunda da exxentricidade do carregamento aplicado nos elementos (11) (13) que atravessam o orificio (8) na superficie inferior do suporte.Denio Ramam Carvalho de OliveiraUniversidade Federal do Pará 
MU 9001020-527/11/201827/11/2025MÁQUINA PARA EXTRAÇÃO DE FIBRA DE AÇAÍCompreendida por um reservatório vertical (1), suspenso por duas braçadeiras (9) ligadas a uma haste de sustentaçào (10), fechado em sua extremidade inferior e com abertura na extremidade superior que é fechada por uma tampa de encaixe bipartida (2) por meio de presilhas de pressão (8), dotado de um eixo (3) que possui dois pares de palhetas metálicas (5), concentricamente acopiado a uma polia (4), e esta acoplada, por meio de uma correia, a um motor elétrico, que realiza repetidas rotações até que as fibras, colocadas junto com os caroços no reservatório (1), através da abertura superior, sejam extraídas. O reservatório dispõe também de um disco de alumínio perfurado (6) posicionado em sua extremidade inferior que separa o pó, resultante do processo de extração, das fibras, e mantém o eixo (3) concentricamente posicionado em relação ao reservatório (1). A guia de abertura (7) por onde as fibras são retiradas, é reforçada por solda.Gustavo da Silva Vieira de Melo / Leopoldo Pacheco BastosUniversidade Federal do Pará
BR 10 2015 004323-604/12/201822/01/2035SISTEMA PARA ILUMINAÇÃO EXTERNADurante o dia, o módulo fotovoltaico instalado no suporte (7) converte a energia solar em energia elétrica que carrega o armazenador de energia (9), situado no braço do suporte (8) que por meio do controlador de carga com temporizador (1 O), alimenta uma lâmpada (11) de elevada eficiência energética. Esses componentes integram uma única peça do corpo da luminária (6), fixada juntamente com o sensor IR (5) ao poste (1) com intertravamento macho-fêmea (2) e, ainda, alavancas de sustentação (3)/remoção( 4) que se destinam ao desacoplamento completo do Sistema para sua substituição e posterior manutenção. Essa constituição dos componentes do Sistema proporcionam seu funcionamento programado durante a noite por 12 horas ininterruptas, sendo as 6 primeiras horas em plena carga de iluminação e após esse período, a iluminação é reduzida à meia-carga, sendo acionada sua plena carga após a detecção de irradiação de calor pelo sensor IR. Dessa forma, o Sistema evita o desperdício de energia durante a madrugada e aumenta a vida útil dos seus componentesMarcos Allan Leite dos Reis / Hallan Max Silva Souza / Eliomar Azevedo do Carmo / Mayara Pereira RodriguesUniversidade Federal do Pará
PI 0600451-2 14/05/201914/05/2029LAJES NERVURADAS PRÉ-MOLDADAS ENGASTÁVEIS DE CONCRETO ARMADOA presente invenção refere-se a placas de lajes nervuradas pré-moldadas de concreto armado que possuem um mecanismo que realiza a consolidação das mesmas entre si e ao restante da estrutura. Esse mecanismo é constituído de nichos no concreto pré-moldado e armadura exposta que, em conjunto com a armadura de ligação, adicionada após a montagem da laje, e o concreto moldado "in loco", para preenchimento dos nichos, realizam o engastamento das placas entre si e com o restante da estrutura.José Guilherme Silva Melo / Jacques Schweidzon Sobrinho / Dênio Raman Carvalho de OliveiraUniversidade Federal do Pará
PI 0817954-9 06/08/201914/08/2038Uso do 5-hidroxi-2-hidroximetil-y-pirona como agente de ativação do macrófago no combate da Leishmaniose CutâneaUso do S-hidroxi-2-hidroximetil--pirona como agente de ativação do macrófago no combate da Leislunaniose Cutânea. A presente patente refere-se a utilização do HMP (um metabólito secundário produzido por fungo filamentoso), como agente de estimulação da atividade microbicida do macrófago para atuação no combate da Leisbunaniose Cutânea (LC) causada pelo protozoário Leishmania (Leishmania) amazonensis. O principal mecanismo de ação foi a ativação da atividade microbicida destas células hospedeiras através do aumento da produção de radicais de oxigênio, aumento da quantidade de lisossomos, aumento dos filamentos de actina e microtúbulos, e do aumento do espraiamento característico do estado de ativação dessas células, eliminando o agente da infecção. Neste sentido a busca de moléculas de fácil obtenção e que não dependam de sazonalidade, além de apresentarem um mecanismo eficiente de combate e que não cause reações adversas é apresentado pelo HMP, um candidato potencial para uso no combate a LC na concentração mínima de 50 <109>g/mL. Portanto, o resultado apresentou alta atividade leishmanicida, que qualifica o uso do HMP como um potente candidato ao combate da leshmaniose cutânea.José Luiz Martins do Nascimento / Cláudio Naum Alves / Ana Paula Drumond Rodrigues / Antônio Sérgio Costa Carvalho / Alberdan Silva Santos / Edilene Oliveira da SilvaUniversidade Federal do Pará
BR 10 2015 031604 631/03/202016/12/2035EMULSÃO DE PICKERING COM ÓLEO DE PRACAXI (PENTACLETHRA MACROLOBA) CONTENDO VITAMINA E (ACETATO DE TOCOFEROL) PARA USO TÓPICOEmulsão de Pickering com óleo de Pracaxi (Pentaclethra macroloba) contendo Vitamina E (Acetato de Tocoferol) para uso tópico A patente de invenção pertence ao campo dos produtos do setor farmacêutico para uso tópico de uma emulsão de Pickering com Óleo de Pracaxi (Pentaclethra macroloba) contendo Vitamina E (Acetato de Tocoferol) em água, estabilizado por partículas sólidas. O produto divulgado pela invenção pode efetivamente trazer benefícios para a pele, através do óleo de Pracaxi, devido sua excelente propriedade emoliente, que é vital para a construção da membrana da célula, protegendo e impedindo a desidratação e os danos causados pela luz solar na pele. E o Acetato de Tocoferol aumentará a proteção da pele contra o estresse oxidativo, fortalecendo o sistema antioxidante e prevenindo danos oxidativo na pele. O produto foi desenvolvido é totalmente livre de agentes tensoativos, por ter como agente emulsionante patículas sólidas, conseguindo assim preservar as propriedades da fase oleosa, assim como as partículas atuam como uma barreira protetora contra suas degradações ou oxidações. Este é um excelente produto de uso tópico, seus componentes conseguem benefícios de máxima atuação, atingindo todas as camadas da pele, trazendo benefícios até nas camadas mais profundas.Rosane Maria Ribeiro Costa / Maria Adriana Freire Ribeiro / Maria Louze Nobre Lamarão / Marina Nidia Ferreira dos Santos Costa / José Otávio Carréra Silva Junior / Antônio Manoel da Cruz RodriguesUniversidade Federal do Pará
PI 1107321-7 31/03/202026/12/2031MÉTODO IMPLEMENTADO POR COMPUTADOR PARA AVALIAÇÃO DE LODOS DE ESGOTO COMO BIOMASSA PARA GERAR ENERGIA EM PROCESSOS DE COMBUSTÃOO Lodo de esgoto pode ser aproveitado de forma útil em processos de combustão para gerar energia. No entanto, para isso, é necessária sua caracterização laboratorial, que fornece informações sobre suas propriedades determinantes a essa utilização, e a avalização dessas informações por gestores da área de saneamento e meio ambiente, que devem decidir se o resíduo pode ou não ser tecnicamente utilizado para este fim, sem causar impactos ambientais adversos, danos ou riscos à saúde pública. Com intenção de auxiliar o gestor nessa tarefa, foi criado método para avaliar tecnicamente o potencial energético do lodo de forma rápida e segura, em detrimento de formas tradicionais de avalização que demandam tempo d pesquisa para auxiliar a tomada de decisão. Esse método foi automatizado através da sua codificação em linguagem de máquina e transformado em sistema computacional utilizando o padrão de arquitetura de software Model-View-Controller (MVC). No sistema, o método é representado por regras de lógica, que são inseridas por interface de aquisição, e armazenadas automaticamente em banco de dados. Após informações fornecidas pelo usuário, através de interface para usuários, o sistema realiza testes e encadeamentos lógicos das regras através do processamento do motor lógico, para obtenção de conclusões e explicações resultantes.José Almir Rodrigues Pereira / Yvelyne Bianca Iunes SantosUniversidade Federal do Pará (BR/PA) / Universidade do Estado do Pará - UEPA (BR/PA)
BR 10 2015 015484 408/09/202031/10/2033BIOMATERIAIS DE REPARAÇÃO TECIDUAL E USOS DOS BIOMATERIAIS DE REPARAÇÃO TECIDUALA invenção se refere a dois cimentos para reparação tecidual na área de odontologia, sendo que estes cimentos contém minerais definidos na forma de pó, Ca(OH) 2 ou MTA (do tipo Portland sem gesso), com o extrato natural de copaíba (COP) (na forma de óleo-resina, resina ou óleo).Márcia Martins Marques / Roberta Souza D'Almeida CoutoUniversidade de São Paulo - USP / Universidade Federal do Pará
BR 10 2014 021702 903/11/202014/07/2034PRODUTO COSMÉTICO PARA OS LÁBIOS A BASE DE MANTEIGA DE BACURI (PLATONIA INSIGNIS)A presente invenção descreve a introdução de um novo ingrediente na produção de formulações cosméticas labiais. Os batons e brilhos labiais são constituidos pelas misturas de vários óleos e ceras, dentre as quais, destaca-se a cera de abelha com alto valor comercial e empregada como promotor de consistência e emoliência. Portanto, a estratégia lançada tem como finalidade substituir esse ingrediente pela manteiga de bacuri, rica em ácidos graxos que podem promover umectância, consistência e boas propriedades de textura. Por ser um resíduo oriundo das sementes do fruto (Platonia insignis), a manteiga de bacuri tem baixo valor comercial e pode ser considerado um ingrediente ecologicamente correto, agregando valor às matérias-primas da região amazônica e com alto potencial como um componente funcional para a produçåo de batons.José Otávio Carrera Silva Junior / Kariane Mendes Nunes / Rosane Maria Ribeiro Costa / Madson Ralide Fonseca GomesUniversidade Federal do Pará
PI 1105296-124/11/202022/12/2031POLIURETANO A BASE DE AÇAI E USO PARA BIOFABRICAÇÃO DE DISPOSITIVOS MÉDICOSO presente pedido de patente de invenção refere-se a espumas rígidas de poliuretano poroso e uso da mesma como biomaterial de suporte para crescimento celular (scaffold). A invenção também refere-se ao processo de produção das espumas rígidas de poliuretano citadas. Mais espeficamente, a espuma rígida de poliuretano poroso é produzida pela reação entre um poli-isocianato alifático e um poliol de base natural e renovável, o açaí, resultando em um produto apropriado para biomateriais. Uma das grandes vantagens da invenção é que o poliol do açaí possui numerosos tipos de fitoquímicos como antocianinas e flavonóides, atualmente considerados como "alimentos funcionais" com potencial para atividades anti-inflamatórias, anti-oxidantes e anti-trombogênicas. Como o poliol é de base natural e renovável o poliuretano proposto possui grande aplicabilidade em biofabricação.Rubens Maciel Filho / Laís Pellizzer Gabriel / Carmen Gilda Barroso Tavares Dias / Dagoberto José dos Santos / André Luiz Jardini Munhoz / Cecília Amélia de Carvalho ZavagliaUniversidade Estadual de Campinas - Unicamp / Universidade Federal do Pará
PI 1104177-301/12/202018/07/2031USO DA FISALINA E DOS EXTRATOS ETNÓLICO E AQUOSO NA PROLIFERAÇÃO DE CÉLULAS-TRONCO NEURONAIS DO GIRO DENTEADOA presente patente refere-se à utilização de extrato aquoso, etanólico e substância purificada da espécie Physalis angulata, como agente neurogênico. A atividade exercida é sobre o aumento da proleferação de células-tronco hipocampais e a diferenciação destas em células-progenitoras no nicho neurogênio hipocampal na dose de 5mg/Kg in vivo e na concentração de 10uM in vitro. Neste sentido, a busca de moléculas de fácil obtenção que apresentem atividade eficácia na proleferação de células-tronco, na diferenciação células progenitoras neuronais e que não cause reações adversas é apresentada aqui através do EE, EA e FD. Essa molécula e os extratos podem vir a seu usada no tratamento de doenças neurodegenerativas e déficit de memórMara Sílvia Pinheiro Arruda / Milton Nascimento da Silva / Ricardo Augusto de Melo Reis / Danila Teresa Valeriano Alves / Gilmara Nazereth Tavares Bastos / José Luiz Martins do Nascimento / Edilene Oliveira da SilvaUniversidade Federal do Pará
MU 8903342-629/12/202029/12/2027TOCHA DE SOLDAGEM PARA OS PROCESSOS MIG/MAG E ARAME TUBULAR COM ADIÇÃO DE ARAME FRIOPatente de modelo de utilidade para uma tocha de soldagem que compreende de um dispositivo para a alimentação de arame (s) frio (s) nos processos MIG/MAG e Arame Tubular que consiste de um cabeçote auxilair de alimentação de arame frio (1), cabo guia para a alimentação de arame frios (2), capa de isolamento (3), suporte para a alimentação de arame (4), parafuso de fixação (5), contra porca de fixação (6), tubo guia de arame (7), acoplamento para o bico de saída de arame (8) e bico de saída de arame (9)Eduardo de Magalhães Braga /Carlos Alberto Mendes da MotaUniversidade Federal do Pará (BR/PA)
BR 10 2014 018509 7 12/01/202128/07/2034REDE SEMI-INTERPENETRANTE DE POLI 2-HIDRÓXIETILMETACRILATO-POLI ÁCIDO LÁCTICO, SEU PROCESSO DE PRODUÇÃO E USOA presente invenção trata-se de uma rede semi- interpenetrante de poli 2-hidróxietilmetacrilato (PHEMA-PLA) que compreende o polímero PLA entrelaçado na rede do polímero PHEMA, seu processo de produção e uso. A presente invenção pertence ao campo dos biomateriais poliméricos úteis ao cultivo celular.Marcele Fonseca Passos / Rubens Maciel Filho Universidade Federal do Pará / Universidade Estadual de Campinas - Unicamp
BR 10 2014 025075 1 12/01/202106/04/2034DISPOSITIVO ÓPTICO MULTIFUNCIONAL BASEADO EM UM CRISTAL FOTÔNICO BIDIMENSIONAL E EM UM RESSOADOR MAGNETO-ÓPTICODispositivo óptico multifuncional baseado em um cristal fotônico bidimensional e em um ressoador magneto-óptico". A presente invenção baseia-se em um cristal fotônico bidimensional em que são inseridos quatro guias de onda e uma cavidade ressonante. Devido à existência do photonic band gap, um sinal eletromagnético que se propaga através do dispositivo fica confinado no interior dos guias e da cavidade e, através do ajuste da orientação de um modo dipolo gerado no interior da cavidade, pode funcionar em três regimes distintos. No regime 1, submetido a um campo magnético externo DC +Ho, funciona como divisor por dois canais, com isolamento da entrada em relação às duas saídas, e, ao se inverter o sinal do campo, funciona como chave óptica. No regime 2, com a aplicação de um campo magnético DC -Ho, funciona como dobra de guia de ondas, com a entrada isolada da saída, e, ao se inverter o sinal do campo, funciona como chave óptica. No regime 3, sujeito à aplicação de um campo magnético externo DC +H1, o dispositivo funciona como divisor por três canais.Victor Dmitriev / Gianni Masaki Tanaka PortelaUniversidade Federal do Pará
BR 10 2013 004313 323/02/202101/02/2033GEL À BASE DE XIMENJA AMERICANA PARA OS TRATAMENTOS ANTIMICROBIANO E CICATRIZANTEA presente patente refere-se à forma farmacêutica gel à base do extrato etanólico de Ximenia americana L. para os tratamentos antimicrobiano e cicatrizante. Para a formulação, foram utilizadas cascas do caule de X. americana cujas atividades antimicrobiana e cicatrizante estão descritas na literatura. Para a obtenção do extrato, foi desenvolvida uma metodologia padronizada, de extração à quente com agitação utilizando solvente extrator álcool à 70%, a qual se mostrou reprodutível. A formulação do gel foi composta pelo extrato padronizado, co-Polímero do Ácido Sulfônico Acriloildimetilaurato + Vinilpirrolidona Neutralizado (Aristoflex<32>), metilprabeno, propilparabeno, imidazolidinilureia e água purificada, tendo seu ganho tecnológico na escolha do agente gelificante e na concentração utilizada, tornando-se assim possível a obtenção de um gel estável. Os resultados dos testes de controle de qualidade apresentaram-se de acordo com o preconizado pelas normas vigentes.Rosali Maria Ferreira da Silva / Pedro José Rolim Neto / Luciana Neiva Antunes Lima / Keyla Emanuelle Ramos da Silva / Larissa Araújo Rolim / Salvana Priscylla Manso Costa / Gustavo Campos Pereira / Karina Perrelli Randau / Luiz Alberto Lira Soares / Camila Bezerra Melo FigueiredoUniversidade Federal de Pernambuco / Universidade Federal do Pará
BR 10 2016 010504 823/02/202102/05/2036FORMULAÇÃO DESSENSIBILIDADE COM ATIVOS NATURAISTrata-se a presente invenção de uma formulação contendo dois gêneros vegetais, quais sejam Spilanthes acme/Ia e Lithothamnium calacareum, que possui atividade dessensibilizante dentinária e será utilizada para o tratamento da saúde bucal no combate da hipersensibilidade dentinária e patologias bucais relacionadas.Nádia Rezende Barbosa Raposo /Maria das Graças Afonso Miranda Chaves / Hanny Reis Mockdeci /Isadora Conde Ferreira Martins / Hudson Caetano Polonini / José Luiz Fernandes Vieira / Wagner Luiz Ramos Barbosa / Marcos Antônio Fernandes Brandão / Anderson de Oliveira Ferreira /Virgínia Alves Manso / Alessandra Simone Santos de Oliveira FlorUniversidade Federal do Pará / Universidade Federal de Juiz de Fora
PI 0706187-023/02/202123/02/2031PROCESSO PARA PRODUZIR PISOS DE POLIESTIRENO CARREGADOS COM FIBRA DE COCO BABAÇURefere-se a presente patente de invenção o Desenvolvimento de Eco-Pisos a Base de Poliestireno Pós-Consumo Carregado com Fibra de Coco de Babaçu, caracterizado por utilizar ferramentas simples na confecção das placas, através de três etapas seguidas de moagem e compressão, utilizando resíduos pós-consumo e agroindustrial. A conformação dos eco-pisos foi realizada com o objetivo de obter pisos com superficie superior com brilho e conforto térmico, e superfície inferior rugosa para facilitar o assentamentoCarmen Gilda Barroso Tavares Dias / Poliana Borges BringelUniversidade Federal do Pará
BR 10 2014 019713 323/03/202131/07/2034PROCESSO PARA OBTENÇÃO DO PRODUTO TEMPERO EM FORMA DE TABLETE ATRAVÉS DE PREPARAÇÃO DA FARINHA DE CARCAÇA DE PEIXEPara a formulação dos tabletes a base das farinhas de carcaças de peixe é realizada a homogeneização dos ingredientes secos (farinha de carcaça de peixe, ervas desidratadas, condimentos e amido de milho) em liquidificador industrial, em seguida a mistura é acondicionada em recipiente especifico e incorporado o azeite, sendo devidamente homogeneizados. Para obtenção das matérias primas utilizadas no processamento final é realizado o processo de secagem em estufa por aplicação do calor produzido artificialmente em condições de temperatura, umidade e corrente de ar controlado.Davi Socorro Barros Brasil /Luciane do Socorro Nunes dos Santos Brasil / Andrea Passos Vidal / Regina Celi Sarkis MullerUniversidade Federal do Pará / Associação Cultural e Educacional do Pará
BR 10 2014 021701 0 23/03/202114/07/2034PROCESSO MOLECULARO processo e biomarcador molecular refere-se à verificação de forma eficiente de quais bolsas de concentrado de plaquetas estocadas em banco de sangue estão em boas condições para transfusão através da mensuração, por reação em cadeia de polimerase em tempo real, dos níveis de bexpressão dos microRNAs hsa-miR-127 e hsa-miR-320a como primeiro processo e biomarcador preditor do envelhecimento celular in vitro e consequente presença de lesões de armazenamento, como um teste de qualidade dessas bolsas.Rommel Mário Rodriguez Burbano / Thaís Brilhante Pontes /Letícia Martins Lamarão / Caroline de Fátima Aquino Moreira NunesUniversidade Federal do Pará / Centro de Hemoterapia e Hamatologia do Pará - Hemopa
BR 10 2016 000018 123/03/202104/01/2036CURATIVO APLICADOR DE COMPOSTOS BIOATIVOSA invenção refere-se à obtenção da patente de invenção do processo produtivo e produto obtido para o CURATIVO APLICADOR DE COMPOSTOS BIOATIVOS utilizando ácido poli-l-lático (PLA). O ácido poli-lático, tem como principais características a biocompatibilidade, bioreabsorção, nenhuma toxidade celular/tecidual e alto desempenho mecânico, pode ser produzido com custo polímeros comercializados, para produzir biomembranas compatíveis com tecidos humanos a partir de fibras de ácido poli-lático que se juntam para formar fio e estes, por sua vez, juntam-se para forma malha. A Biomembrana Amazonia Skin PLA é biodegradável e poderá ser utilizado para várias aplicações biomédicas, tais como andaimes de engenharia de tecidos, como gaze para proteção de feridas ou ainda pode ser utilizado como fio de sutura, na área médica pode ser utilizada como um “dispositivo de entrega” (veículo) de drogas medicinais, agindo como uma espécie de condutor até o órgão alvo. Esse dispositivo permite que drogas sejam liberadas de maneira linear quando comparados a outras biomembranas que não veiculam fármacos podendo ser apresentado como um complexo para implante em diversas partes do corpoCarlo Magno Pacheco Bahia / Ivanira Amaral Dias / Andréa Lima de Sá / Antônio Pereira JuniorUniversidade Federal do Pará / Fundação Amazônia de Amparo a Estudos e Pesquisas / Amazônia Biotech - Biotecnologia da Amazônia para Aplicações Médicas e Biomédica LTDA - ME
PI 0817953-011/05/202111/05/2031ELEMENTO SENSOR ORGÂNICO NANO-ESTRUTURADO PARA DETECÇÃO DE GÁS COMBUSTÍVELUm elemento sensor orgânico para detecção de vapor combustível que possui nano e micro-estruturação através da mistura de polímeros condutores PEDOT (1) e PSS (2) com uma molécula quinoidal VM (3). Estas constituem um filme fino orgânico (4) que é depositado por centrifugação entre e/ou sobre um canal micrométrico que separa os eletrodos metálicos (5), os eletrodos são evaporados sobre um substrato de vidro ou baquelite (6). A mistura PEDOT/PSS:VM nas proporções 2:1 e 3:1 apresentam uma estrutura morfológica propícia para a adsorção de vapores provenientes do álcool combustível e da gasolina sob temperatura e pressão ambiente, resultando no aumento da intensidade da corrente elétrica medida diretamente nos eletrodos (5) do elemento sensor.Marcos Allan Leite dos ReisUniversidade Federal do Pará
PI 1002753-011/05/202111/05/2031PROCESSO DE SÍNTESE DO NANOCOMPÓSITO DE ALUMÍNIO E NANOTUBOS DE CARBONO, NANOCOMPÓSITOS ASSIM OBTIDOSA presente invenção refere-se ao processo de síntese de nanocompósitos aglomerados, constituídos por nanotubos de carbono e partículas de alumínio que exibem propriedades elétricas termo- piezoresistivas. Este nanocompósito é sintetizado em apenas uma única etapa através de arco voltaico entre uma barra de carbono de alta pureza, preenchida com partículas metálicas, no qual é denominada de anodo e outra barra metálica, chamada de catodo. O plasma gerado entre esses eletrodos ocorre em atmosfera pressurizada com gás inerte misturado com hidrocarbonetos ou cetonas, obtendo-se nanotubos de carbono de paredes múltiplas (1) preenchidos, nucleados e intercalados por partículas metálicas de alumínio (2). Este processo pode ser empregado utilizando-se metais de transição, como ferro, níquel ou cobre na composição deste nanocompósito. O material obtido por este processo tem propriedades elétricas que variam em função da temperatura e tensão mecânica, o que toma possível sua aplicação industrial em sensores de pressão e/ou temperatura, microbalanças e fusíveis de temperatura.Marcos Allan Leite dos Reis / Manuel Fernando Gonçalves Vieira / Jordan Del NeroUniversidade Federal do Pará / Universidade do Porto (Faculdade de Engenharia)
BR 10 2016 008735 0 10/08/202119/04/2036DISPOSITIVO MULTIFUNCIONAL OPERANDO COMO CHAVE E DIVISOR, BASEADO EM UM CRISTAL FOTÔNICO BIDIMENSIONAL COM REDE QUADRADAA presente invenção baseia-se em um cristal fotônico bidimensional no qual são inseridos três guias de onda e uma cavidade ressonante. Através da variação da intensidade do sinal do campo magnético DC H0, que é aplicado no cilindro de ferrite, o dispositivo em questão permite a realização de três diferentes funções para um sinal eletromagnético de entrada: isolação de duas portas de saída, divisão de potência e chaveamento entre duas portas de saída.Victor Dmitriev / Leno Rodrigues MartinsUniversidade Federal do Pará
PI 0605767-510/08/202121/12/2036REATOR E PROCESSO PARA OBTENÇÃO DE MATERIAIS CARBONOSOS POR CORRENTE ELÉTRICA DE CURTO-CIRCUITOPedido de Patente de Invenção do processo de produção de materiais carbonosos pela sublimação de um precursor sólido de grafite quando este é atravessado por uma corrente elétrica de curto-circuito no interior de um reator metálico pressurizado. Este reator possui entrada e saída para o gás rarefeito e paredes adiabáticas, controlando temperatura e pressão da atmosfera no núcleo, os eletrodos conectados ao grafite são ligados ao circuito elétrico externo que é responsável pela geração da corrente de curto-circuito alimentado pela fonte de tensão alternada.Marcos Allan Leite dos Reis / Jordan Del NeroUniversidade Federal do Pará
PI 0605719-517/08/202120/06/2026RETIFICADOR MOLECULAR CONTROLADOPedido de Patente de Invenção para um nanodispositivo eletrônico, que possui características inéditas por permitir a retificação da corrente elétrica em duas direções a nível molecular e seu controle é obtido através da injeção de corrente elétrica no gatilho ou porta molecular e da variação e/ou inversão da tensão elétrica entre seus eletrodos. Este dispositivo eletrônico é composto basicamente por anéis aromáticos dopados com grupos moleculares doadores e aceitadores de elétrons. Seu gatilho ou porta é uma molécula orgânica aromática com duas barreiras de potencial, isolantes, compostas por grupos moleculares de CH~ 2~ conectados a uma molécula principal retificadora. Esta molécula principal é derivada de alquinos que compõem-se de anéis aromáticos ligados através de átomos de Carbono com ligações triplas e possuem como terminação grupos doadores CH~ 3~ e grupos aceitadores NO~ 2~ de elétrons. Além de sua reduzida dimensão, 75,7 nm^ 2^. Outras inovações significantes são: sua arquitetura é de três pontas; seu baixo consumo máximo de energia é 0,06pW<109>s (pico watts em um micro segundo); e seu processo de fabricação é obtida através da síntese química.Aldilene Saraiva Souza / Marcos Allan Leite dos Reis / Jordan Del NeroUniversidade Federal do Pará 
BR 10 2013 014155 031/08/202107/06/2033BIONANOCOMPÓSITO PARA RECUPERAÇÃO ÓSSEA, USO DO BIONANOCOMPÓSITOA presente invenção descreve um bionanocompósito restaurador ósseo com propriedades mecânicas de compressão, ideal para enxertos de ossos de maior esforço mecânico. Esse bionanocompósito pode ser aplicado adicionalmente na reconstituição e preenchimento da calota craniana e preenchimento de falhas ósseas.Cecília Amélia de Carvalho Zavaglia / Sabina da Memória Cardoso de Andrade / Gimara de Nazareth Tavares Bastos / Ana Paula Drummond Rodrigues / Carmen Gilda Barroso Tavares DiasUniversidade Federal do Pará - UFPA / Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Pará / Universidade Estadual de Campinas - Unicamp
BR 10 2016 030663 931/08/202127/12/2036ISOLADOR COMPACTO BASEADO EM UM CRISTAL FOTÔNICO BIDIMENSIONAL COM REDE QUADRADA PARA OPERAÇÃO EM SISTEMAS DE SUB-TERAHERTZ A presente invenção é um isolador compacto que promove o controle sobre o fluxo de um sinal eletromagnético em circuitos com frequência de operação na faixa de sub-terahertz. É baseada em um cristal fotônico bidimensional composto por cilindros dielétricos dispostos periodicamente em uma rede quadrada. O dispositivo permite que um sinal eletromagnético se propague, com baixas perdas de inserção, da porta de entrada para a porta de saída (sentido direto), enquanto bloqueia o sinal parasita que provém da porta de saída (sentido inverso). O controle de fluxo é feito através de uma cavidade ressonante localizada na região de junção, em especial pelo cilindro de ferrite magnetizada ? operando no regime de ressonância ferromagnética ? que faz parte da referida cavidade. As reflexões no interior da cavidade ressonante do dispositivo, combinadas ao sinal incidente, dão origem, no cilindro de ferrite magnetizada, a uma distribuição de campo que se assemelha àquela de vórtices eletromagnéticos.Victor Dmitriev / Gianni Masaki Tanaka Portela / Daimam Darlam ZimmeRUniversidade Federal do Pará
BR 10 2015 025280-305/10/202122/09/2035CHAVE COMPACTA DE TRÊS CANAIS BASEADA EM UM CRISTAL FOTÔNICO BIDIMENSIONAL COM REDE QUADRADAA presente patente de invenção baseia-se em um cristal fotônico bidimensional no qual são inseridos quatro guias de onda e duas cavidades ressonantes. Através da troca de sinal do campo magnético DC Ho, que é aplicado nos dois cilindros de ferrite, o dispositivo em questão permite para um sinal eletromagnético de entrada, a seleção de três diferentes canais de salda.Victor Dmitriev / Gianni Masaki Tanaka Portela / Leno Rodrigues MartinsUniversidade Federal do Pará
BR 10 2013 030624-013/10/202112/11/2033CHAVE ÓPTICA COMPACTA BASEADA EM UM CRISTAL FOTÔNICO BIDIMENSIONAL COM GUIAS DE ONDA FRONTALMENTE ACOPLADOS A UM RESSOADOR MAGNETO-ÓPTICO.A presente invenção é uma chave óptica que promove o controle da transmissão de um sinal eletromagnético em dispositivos ópticos. É baseada em um cristal fotônico bidimensional onde são inseridos defeitos de forma controlada. O dispositivo possui dois estados (on e off), sendo a transição entre os mesmos controlada a partir da variação de um campo magnético DC externo H0. No estado on ocorre a transmissão de sinal, com baixas perdas de inserção, enquanto que no estado off o sinal é bloqueado, com alta isolação entre os guias de onda de entrada e de saída. O funcionamento do dispositivo é baseado na orientação de um modo de dipolo, excitado na cavidade ressonante por um sinal eletromagnético. Quando não ocorre a aplicação do campo H0, os nós do dipolo alinham-se de modo perpendicular ao eixo dos guias de onda, ocorrendo a transmissão do sinal (estado on). Por outro lado, a aplicação do campo H0 faz com que o modo dipolo sofra uma rotação por 90°, de modo que os seus nós alinham-se paralelamente ao eixo dos guias de onda, interrompendo a transmissão do sinal (estado off).Victor Dmitriev / Gianni Masaki Tanaka Portela / Daimam Darlam ZimmerUniversidade Federal do Pará - UFPA
BR 10 2014 016549-513/10/202121/05/2034CHAVE ÓPTICA COMPACTA BASEADA EM UM CRISTAL FOTÔNICO BIDIMENSIONAL COM DOBRAMENTO DE 120 GRAUSA presente invenção é baseada em um cristal fotônico bidimensional onde são inseridos defeitos que originam dois guias de onda e uma cavidade ressonante. Um sinal eletromagnético que atravessa o dispositivo é confinado no interior dos defeitos, por conta do photonic band gap associado à estrutura periódica que os circunda. Possui como principal função o controle do fluxo de um sinal eletromagnético ao longo de um canal de comunicações, bloqueando (estado desligado) ou admitindo (estado ligado) a passagem do mesmo. Também promove a alteração da direção de propagação de um sinal eletromagnético por um ângulo de 120 graus, proporcionando maior flexibilidade no design de sistemas ópticos integrados. O princípio de funcionamento do dispositivo baseia-se na excitação de modos dipolo na cavidade ressonante do mesmo, segundo a aplicação de um campo magnético externo DC sobre o material magneto-óptico que o constitui. Nos estados ligado e desligado o material magneto-óptico está magnetizado e não magnetizado, respectivamente.Victor Dmitriev / Gianni Masaki Tanaka Portela / Raphael Rafsandjani BatistaUniversidade Federal do Pará - UFPA
Fonte: Coord. de Propriedade Intelectual (CPINT)/ Agência de Inovação/UFPA e Instituto Nacional da Propriedade Intelectual (INPI)

Atualização da tabela realizada em 19 de outubro de 2021