Confira os vencedores dos Prêmios Samuel Benchimol e Banco da Amazônia de Empreendedorismo Consciente

Postado em 01 de novembro de 2019

Empresas, microempreendedores individuais, comunidades, universidades e instituições públicas ou privadas com projetos voltados para o desenvolvimento sustentável da Amazônia participaram dos Prêmios Professor Samuel Benchimol e Banco da Amazônia de Empreendedorismo Consciente 2019.

O Prêmio Professor Samuel Benchimol busca reconhecer iniciativas e trajetórias pioneiras à compreensão da Amazônia e desvendar novos caminhos em prol do desenvolvimento sustentável da região. Está dividido em duas categorias: a primeira contempla trabalhos economicamente viáveis, ecologicamente adequados, politicamente equilibrados e socialmente justos, e a segunda homenageia personalidade do meio empresarial ou acadêmico, que se destacou em prol do desenvolvimento sustentável na região.

O Prêmio Banco da Amazônia de Empreendedorismo Consciente, por sua vez, também contempla duas naturezas de premiação. A primeira tem o objetivo de revelar o potencial de transformação da Região Amazônica por meio de conceitos e práticas de Economia CriativaEconomia Verde ou Agroecologia Produção Orgânica. A segunda categoria de premiação é honorífica e abrange tanto o reconhecimento de empresas quanto de microempreendedores de sucesso na Amazônia.

A Agência de Inovação Tecnológica da UFPA (Universitec) fez parte da comissão julgadora, por meio do seu diretor, Gonzalo Enríquez, que representou a Academia no comitê científico de avaliação. A Universitec também foi um dos órgãos promotores do evento.

Confira os vencedores da edição 2019:

Os agraciados na categoria Iniciativa de Desenvolvimento Local são:

1.º lugar:

Nome: José Luiz Zanirato Maia;
Estado: Amazonas;
Título do projeto: Desenvolvimento de cadeias produtivas de biocosméticos para as populações ribeirinhas do município de Iranduba/AM.

2.º lugar:

Nome: Mônica de Nazaré Corrêa Ferreira Nascimento;
Estado: Pará;
Título do projeto: Empreendedorismo sustentável em Área de Proteção Ambiental (APA) no estado do Pará.

3.º lugar:

Nome: Luiz Antonio de Oliveira;
Estado: Amazonas;
Título do projeto: Uso da azolla caroliniana como fonte de alimento para peixes, animais domésticos e para o homem amazônico.

O agraciado na categoria Microempreendimento na Amazônia (Rural) é:

1.º lugar:

Nome: Maria da Conceição Lobato de Oliveira;
Estado: Pará.

O agraciado na categoria Empresa na Amazônia é:

1.º lugar:

Nome: Pronatus do Amazonas Indústria e Comércio de Produtos Fármaco Cosméticos LTDA;
Estado: Amazonas.

Os agradicados na categoria Projetos de Desenvolvimento Sustentável na Região Amazônica são:

1.º lugar:

Nome: Afonso Rabelo;
Estado: Amazonas;
Título do projeto: Criação de uma ferramenta para colheitas de cachos das espécies de palmeiras na Amazônia.

2.º lugar:

Nome: Humberto Breno Alves de Albuquerque;
Estado: Roraima;
Título do projeto: Desenvolvimento de fogão de indução eletromagnética alimentada por energias renováveis.

3.º lugar:

Nome: Sara Seixas Dutra;
Estado: Amazonas;
Título do projeto: Implantação de café sustentável em Sistema Agroflorestal (SAF) na região do Baixo Amazonas.

O agraciado na categoria Personalidades Dedicadas ao Desenvolvimento Sustentável da Região Amazônica é:

1.º lugar:

Nome: Fernando de Souza Flexa Ribeiro;
Estado: Pará.


Atualizado em 01/1/2019 às 18h19.

Com informações do site Prêmios da Amazônia.