Comitê de Governança UFPA-Hydro se reúne para debater proposta de coparticipação

Atualizado em: 17/03/2020 às 20:23
Tempo de leitura: 2 minutos

Na última semana, o Comitê de Governança UFPA-Hydro, responsável por operacionalizar o Convênio de Cooperação Técnica e Científica celebrado entre a Universidade Federal do Pará e a empresa norueguesa Norsk Hydro, reuniu-se na PROINTER com a participação de representantes da PROPESP, Universitec e FADESP. A reunião tratou de um tema crítico para o avanço das propostas de pesquisas que estão sendo apresentadas, em função da necessidade de explicitar, nos Acordos Específicos ao Convênio, cláusulas sobre a propriedade intelectual e participação dos resultados entre as partes convenentes.

A empresa Hydro apresentou sua proposta de coparticipação – que foi bem recebida pelos presentes – nos resultados das pesquisas a serem realizadas pela UFPA e financiadas pela Hydro. Segundo a diretora de Acordos e Assuntos Estratégicos, professora Maria Amélia Enríquez, a proposta atende às exigências da política de inovação da UFPA ao deixar claro a distribuição equitativa, 50% para a UFPA e 50% para a empresa, nos resultados da pesquisa, deixando explicitados os direitos e as obrigações de cada uma das partes. Para a pró-reitora de Pesquisa e Pós-Graduação, professora Iracilda Sampaio, a proposta permitirá criar um modelo-padrão a ser pré-aprovado pelas instâncias da Universidade, o que dará maior fluidez na tramitação do processos e consequentemente maior celeridade para o início dos estudos. De acordo com a avaliação do diretor da Universitec, professor Gonzalo Enríquez, a reunião foi mais um exemplo das parcerias da UFPA com empresas que, voltadas para a exploração sustentável da Amazônia, buscam agregar valor a seus produtos e inovar na sua gestão. “Essa parceria cria possibilidades de geração de novas patentes e o modelo de gestão dos convênios, que define a coparticipação igualitária dos resultados de pesquisas, cria uma referência para novos convênios com outras empresas com as quais já estamos em processo de aproximação”, completa o professor.


Atualizado em 15/01/2020 às 21h09.

Texto: Ascom/PROINTER com adaptações por Ascom/Universitec.