Belém+30 reúne povos tradicionais de todo o planeta

Postado em 02 de agosto de 2018

Durante quatro dias, a cultura artística e alimentar, a medicina e os direitos dos povos indígenas e populações tradicionais, aliados ao uso sustentável da biodiversidade de todo o planeta, estarão em pauta, na capital paraense.

Do dia 7 a 10 de agosto, será realizado o Belém+30, evento que vai ocorrer no Hangar Centro de Convenções da Amazônia e vai reunir cerca de 1.600 representantes dos povos indígenas de várias etnias, quilombolas e outras comunidades tradicionais, pesquisadores nacionais internacionais, representantes de ONGs, agências de governos e ativistas de mais de 45 países e de todas as regiões do Brasil.

O Belém +30 é promovido pela Sociedade Internacional de Etnobiologia (ISE) e Sociedade Brasileira de Etnobiologia e Etnoecologia (SBEE). Em Belém, a organização é da Universidade Federal do Pará (UFPA), Museu Paraense Emílio Goeldi (MPEG) e Fundação de Amparo e Desenvolvimento da Pesquisa (Fadesp), em parceria com diversas outras instituições de ensino e pesquisa do Brasil.

Via: Roma News.