Belém recebe treinamento gratuito para agentes de inovação em busca de cooperação internacional

Postado em 26 de maio de 2018

Na tarde da última segunda-feira,25, Belém recebeu a primeira edição do InfoDay. O evento que é organizado pelo Incobra(Consórcio formado por instituições nacionais e europeias) em parceria com o Programa de Incubação de Empresas(PIEBT) da Agência de Inovação Tecnológica da UFPA(UNIVERSITEC) e o Parque de Ciência e Tecnologia Guamá(PCT-GUAMÁ) reuniu 80 pessoas incluindo pesquisadores, empresários e agentes de inovação do estado, que receberam uma série de treinamentos com a presença de representantes da Comissão Europeia, Euraxxes e do Incobra. 

A programação do evento seguiu até a noite, e incluiu discussões sobre como financiar projetos de pesquisa, quais editais estão disponíveis, aplicação de projetos nas organizações da União Europeia, networking entre outros. Para Ana Carolina, palestrante do evento e consultora internacional da UE ‘’A participação da amazônia é de extrema importância uma vez que a intenção é empoderar os agentes de pesquisa com essa carga de informações extremamente rica sobre os programas de cooperação, procurando selecionar chamadas bem específicas e trazendo um tutorial completo sobre como isso pode ser feito.’’

A maior contribuição do InfoDay para os participantes é tomar conhecimento do escopo desses programas e editais, que majoritariamente não eram de domínio público. ‘’A iniciativa é excelente pois é desenvolvida entre países e instituições, aproveitando a expertise de todos. Como agente de inovação atual, afirmo que a capacitação dos pesquisadores gera a capacitação de empresas, incorporando a inovação para dar retorno a sociedade no geral’’ completa Bruna Barbosa, que participou do evento.

O Horizon 2020(H2020) é um dos programas da União Europeia (UE) para pesquisa e inovação (P&I) que possui várias modalidades de investimento nas áreas de ciência, tecnologia e inovação. Durante a programação, Goradz Weiss, gerente de projetos da Áustria explicou de forma detalhada o escopo do programa e falou sobre a escolha dos temas, frisando a linha horizontal de pesquisa e a importância de temas de impacto social no mercado.

‘’Foi muito importante ver o interesse do público nessas afirmativas que o evento trouxe. E ao mesmo tempo, é de extremo interesse da Europa cooperar com as pesquisas realizadas na Amazônia. Temas relacionados a biodiversidade, matérias primas, minerais, saúde, ciências humanas entre diversos outros sempre tiveram linhas de estudo único na região‘’, argumenta Goradz.

Laura Maragna, especialista em Ciência Política e agente da delegação da UE no brasil, completa afirmando que ‘’Acreditamos certamente que a região tem um grande potencial, e o maior objetivo do evento é mostrar que existe várias oportunidades de realizar cooperações por meio desses programas, não somente com a Europa mas com o mundo todo. Cada estado tem suas particularidades e acreditamos muito no valor que a comunidade cientifica brasileira pode agregar a esses projetos colaborativos.‘’

Por fim, o diretor da Universitec, Gonzalo Enriquez, ressalta também o sucesso do evento e dessa possibilidade de cooperação para a comunidade científica da amazônia em realizar cooperações internacionais.

‘’É muito importante que a nossa região esteja no radar de eventos como o InfoDay, que é uma iniciativa direta para difundir plataformas que podem ser utilizadas nas áreas de ciência, tecnologia & inovação. Além de financiamentos de parcerias com o setor industrial e produtivo, bem como com áreas voltadas para aproveitamento da biodiversidade’’, concluiu.

Texto: Talissa Fernandes- Assessoria de Comunicação da Universitec

Fotos: Wan Aleixo